Superando os desafios da digitalização em escolas

Redes e cibersegurança

Superando os desafios da digitalização em escolas

Desde maio de 2019, cinco bilhões de euros do pacto digital para escolas da Alemanha foram investidos para impulsionar a digitalização do sistema educacional alemão. O fechamento das escolas em todo o país desde março de 2020, devido à pandemia, tornou a digitalização ainda mais urgente e funcionou como um acelerador. No entanto, a segurança em tecnologia da informação está sofrendo as pressões da crise. Em situações como essa, a LANCOM Systems, especialista em redes na Alemanha e subsidiária da Rohde & Schwarz, oferece soluções integradas que são confiáveis, estão em conformidade com o GDPR e têm alta eficiência. Os principais elementos são os pontos de acesso LANCOM Wi-Fi 6 e o LANCOM Management Cloud (LMC) para o gerenciamento inteligente de todas as redes da escola.

Em 16 de março de 2020, quando as escolas começaram a fechar por causa da pandemia, a sala de aula virtual da plataforma Mebis entrou em colapso devido a um grande número de solicitações. Isso não foi causado por estudantes, e sim por hackers. As milhares de solicitações à página derrubaram a plataforma de aprendizagem do Ministério da Educação da Bavária. Em resposta, o Ministério direcionou os usuários via Twitter para a plataforma de aprendizagem por vídeo Schule daheim – Online Lernen (escola em casa – ensino online), no canal de TV educacional ARD-alpha. E, então, os alunos se sentaram para assistir à televisão.

DigitalPakt Schule: referência em sala de aula virtual

Para a Bavária, essa nova era da educação digital foi uma prova de fogo e é um típico exemplo dos desafios que as escolas enfrentam em toda a Alemanha quando o assunto é digitalização. Um desses desafios é a segurança em TI, com o DigitalPakt Schule do Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha funcionando como o principal mediador. Desde maio de 2019, 32 mil institutos alemães de educação primária e secundária no total conseguiram solicitar auxílio financeiro de um fundo de 5 bilhões de euros e mais 500 milhões de euros dos estados. De acordo com a Redaktionsnetzwerk Deutschland, somente 242 milhões de euros foram aprovados até o segundo trimestre de 2020 e 916 milhões de euros, ou cerca de 18%, foram aprovados até o fim de 2020.

As mudanças abruptas devido à crise do coronavírus exigiram medidas rápidas e simples. Dessa forma, o Ministério da Educação disponibilizou mais 100 milhões de euros como um auxílio à crise do coronavírus para manter o ensino em andamento com a ajuda do conteúdo de aprendizagem e das plataformas online subsidiadas pelos estados. Isso ocorreu porque o orçamento do DigitalPakt Schule era destinado a hardware. Esse orçamento foi complementado duas vezes. No início de julho, 500 milhões de euros foram aprovados para que os estudantes pudessem receber dispositivos para usar plataformas, como Mebis ou Bildungsserver.de, para a educação domiciliar. Em dezembro de 2020, mais 500 milhões de euros foram acrescentados para a administração de TI.

Sobretudo agora, o ensino presencial também exige suporte digital por painéis inteligentes, computadores e tablets, para que todos possam acessar o mesmo conteúdo simultaneamente ou em momentos diferentes, mesmo que não estejam presentes na sala de aula. Isso significa que os alunos, os professores e também a equipe administrativa precisam estar conectados por meio de seus dispositivos e de uma infraestrutura de Internet de alto desempenho.

Professor em frente a uma lousa tradicional. Muito antiquado para o ensino digital?
A lousa tradicional é muito antiquada para a nova escola inteligente? De acordo com um estudo da Bitkom, a falta de uso das mídias sociais para o ensino é o que mais aborrece os estudantes na maioria das escolas alemãs. Com as soluções de Wi-Fi da Lancom, a digitalização pode ser implementada de forma rápida e segura.
Mais Informações

Educação mais inteligente: a Alemanha fica para trás

A implantação rápida de uma infraestrutura de TI moderna é normalmente impraticável em prédios de colégios antigos, cujo cabeamento de extremo a extremo é difícil de ser feito. Como observou Jan Buis, gerente de projetos da equipe operacional do DigitalPakt Schule na LANCOM Systems, especialista em redes de TI, "O sistema educacional alemão está atrasado quando o assunto é digitalização". A penetração de Wi-Fi é de 26,2%. Na Holanda, país natal de Buis, esse índice sobe para 98% e, na Dinamarca, 100% das escolas têm acesso Wi-Fi. Aparentemente, outros países, como Cazaquistão (58,8%) e Chile (53,1%), estão mais avançados a esse respeito, conforme informou Tagesspiegel, tendo como referência um estudo feito pela Associação de Educação Internacional (IEA).

No entanto, mesmo antes de os dispositivos estarem conectados a servidores, já havia dúvida sobre a segurança em tecnologia da informação. Muitas escolas estão optando por serviços de nuvem, que ficam disponíveis rapidamente e exigem baixos custos iniciais, mas nem sempre estão em conformidade com as provisões do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR) da UE. Ralf Koenzen, fundador e diretor de gestão da LANCOM Systems, subsidiária da Rohde & Schwarz, observou que em diversos projetos, as aplicações para o subsídio federal não tinham segurança em tecnologia da informação e não estavam em conformidade com o GDPR.

Não obstante o fato de que as redes das escolas contêm uma grande quantidade de dados confidenciais, como informações pessoais e notas. Koenzen adverte, "As partes interessadas precisam assegurar que a crise do coronavírus não se transforme em uma crise permanente de proteção de dados". André Faßbender, gerente sênior de comunicação corporativa da LANCOM Systems, comenta, "Muitas escolas e financiadores educacionais podem não estar cientes de que as soluções baseadas em nuvem de provedores dos EUA não estão em conformidade com os regulamentos de proteção de dados da Europa".No segundo trimestre, o Tribunal de Justiça Europeu revogou o acordo de dados "Privacy Shield". Essa decisão torna a transferência de dados entre a Europa e os EUA, em muitos casos, ilícita.

O que os alemães pensam sobre o DigitalPakt Schule e a nuvem nas escolas

São a favor do programa de suporte DigitalPakt Schule
66 %
Querem que a nuvem da escola seja proveniente de provedores alemães ou europeus
73 %
Preferem soluções tradicionais de serviços de nuvem por motivos de proteção de dados
60 %
Esperam normas vinculativas para a proteção de dados confidenciais na nuvem
76 %

© Fonte: Pesquisa representativa da YouGov de setembro de 2019, em nome da LANCOM Systems

Proteção de dados e segurança em tecnologia da informação na Alemanha

Com as soluções da LANCOM Systems, as escolas estão seguras. Como fabricante alemã, a LANCOM está sujeita exclusivamente à legislação nacional e, por hospedar sua solução de gerenciamento na Alemanha, a empresa assegura que os dados não deixem o domínio legal nem a área de aplicação do GDPR. Em contrapartida, as empresas dos EUA são obrigadas a conceder acesso aos dados de seus usuários para o governo. A LANCOM também tem o compromisso de garantir que os produtos da empresa sejam livres de backdoors e carreguem a marca de confiança "IT Security made in Germany" (Segurança para tecnologia da informação fabricada na Alemanha), criada pelo Ministério Federal de Assuntos Econômicos.

A Viktoriaschule de Aachen já está aproveitando os benefícios do alto nível de proteção de dados e da isenção de backdoors. No segundo trimestre de 2019, a arquitetura de rede da escola foi atualizada com uma rede Wi-Fi gerenciada em nuvem da LANCOM. Os alunos do colégio Protestante de ensino médio receberam dispositivos do pool de tablets da escola, trabalharam juntos em documentos armazenados em um local central e fizeram streaming de videoaulas a partir do próprio servidor de mídia, via Wi-Fi. Anteriormente, havia redes separadas para a administração, o ensino e os dispositivos pessoais dos alunos ou convidados e todos os dispositivos tinham que ser manualmente configurados. Agora, os administradores de TI podem gerenciar convenientemente toda a rede da escola por meio da infraestrutura de rede de TI baseada na nuvem interna.

Em 2019, a Viktoriaschule atualizou a arquitetura de rede com uma rede Wi-Fi gerenciada em nuvem da LANCOM.
Em 2019, a Viktoriaschule atualizou a arquitetura de rede com uma rede Wi-Fi gerenciada em nuvem da LANCOM.

O gerenciamento de nuvem substitui os administradores de TI

Agora, com os prazos reduzidos, há uma forte demanda por Wi-Fi escolar de alto desempenho, acompanhada pela necessidade de soluções práticas para o gerenciamento e a manutenção das redes das escolas. A administração de redes, normalmente uma tarefa para especialistas, precisa ser desenvolvida para minimizar o impacto nos professores e no orçamento da escola e, ao mesmo tempo, garantir o funcionamento confiável da rede Wi-Fi.

O LANCOM Management Cloud (LMC) permite que as escolas e os financiadores educacionais automatizem quase totalmente a instalação inicial e a operação contínua das próprias redes. A LANCOM usa a rede definida por software (SDN) e torna a tecnologia disponível a um baixo custo por meio da nuvem.

O LANCOM Management Cloud auxilia na configuração, na administração e no monitoramento de infraestruturas de rede completas; os administradores de TI não são mais necessários nas escolas. Isso permite o gerenciamento uniforme e intuitivo de todo o portfólio de rede da LANCOM, como roteadores, interruptores, pontos de acesso e firewalls. De qualquer local e em todos os locais, se necessário, a partir de um simples tablet. Esse é um benefício para todas as escolas que estão procurando preencher uma vaga de administração em TI. Além disso, o LMC facilita o trabalho dos financiadores educacionais que são responsáveis por diversas escolas. Ele pode ser implantado em apenas alguns dias, aos finais de semana, aos feriados ou nas férias escolares.

A LANCOM dá o exemplo

Não são apenas as escolas que se beneficiam com a infraestrutura de TI abrangente. Em fevereiro, a cidade de Helmstedt, como a primeira financiadora de custos de materiais na Baixa Saxônia, recebeu um auxílio do programa DigitalPakt Schule. Desde então, os pontos de acesso Wi-Fi da LANCOM fornecem acesso sem fio de cobertura total às cinco escolas de ensino fundamental de Helmstedt. A rede é gerenciada pelo departamento municipal de TI.

A maioria das escolas da Alemanha acolheria a assistência profissional e gradual de seus sistemas de TI por alguém que organize, repare e monitore esses sistemas para que os professores e alunos possam se concentrar na educação. "Todos precisam de um tutor digital", comenta Dirk Hetterich, diretor público da LANCOM Systems. Os professores devem ensinar, em vez de gastarem duas horas adicionais de serviço lidando com a administração de TI. "Afinal, você não pede para os motoristas iniciantes pavimentarem as ruas antes de começarem a dirigir."

Mais histórias da Rohde & Schwarz

Mobilidade do futuro: os teleféricos de La Paz

Em La Paz, na Bolívia, as pessoas vão ao trabalho por via aérea. Os componentes Wi-Fi da LANCOM Systems garantem a máxima segurança na rede urbana de teleféricos mais longa do mundo.

Mais Informações

Navegação na internet do setor público totalmente encapsulada

Descubra como o setor público e os municípios estão usando o "R&S®Browser in the box" para se protegerem contra cibercriminosos profissionais.

Mais Informações

A Internet dos animais está pronta para decolar

ICARUS, o ambicioso projeto para observação de animais em grande escala que utiliza a Estação Espacial Internacional (EEI), está prestes a começar.

Mais Informações

Peça informações

Você tem alguma pergunta ou precisa de informação adicional? Simplesmente preencha este formulário e nós respondemos imediatamente.

Quero receber informações da Rohde & Schwarz por

Licença de marketing

O que isso significa?

Concordo que a ROHDE & SCHWARZ GmbH & Co. KG e a entidade ou subsidiária ROHDE & SCHWARZ que figuram na Informação Legal deste site podem entrar em contato comigo por meio do canal escolhido (e-mail ou correio) para fins de marketing e publicidade (por exemplo, informações sobre ofertas especiais e promoções de descontos) relacionados, mas não limitados, a produtos e soluções para teste e medição, comunicações seguras, monitoramento e testes de redes, broadcast e mídia, e segurança cibernética.

Seus direitos

Esta declaração de consentimento pode ser retirada a qualquer momento, enviando um e-mail com o assunto "Cancelar subscrição" para news@rohde-schwarz.com. Além disso, cada e-mail enviado tem um link para cancelar a subscrição de futuros anúncios por e-mail. Mais detalhes sobre a utilização de dados pessoais e o procedimento de rescisão estão definidos na “Declaração de privacidade”.

O seu pedido foi submetido. Iremos contactá-lo em breve.
An error is occurred, please try it again later.