Tecnologia ISDB-S

O principal motivo da Associação Japonesa das Indústrias e Negócios de Rádio (ARIB) ter desenvolvido o padrão de portadora única ISDB-S foi oferecer a capacidade para HDTV, interatividade e eficiência de espectro. Em 2000, o ISDB-S (ARIB STD-B20) foi implementado pela operadora de rede NHK.

Em comparação com o DVB-S, os recursos que foram introduzidos incluíam principalmente a modulação de ordem superior, correção de erros e multiplexação no domínio de tempo. Com o novo modo de modulação chamado "Modulação por deslocamento de fase codificada de 8 fases Trellis" (TC8PSK), taxas de dados típicas de 52,2 Mbit/s são possíveis em um canal de transmissão com uma largura de 34,5 MHz.

International Website