Olá, África!

Artigos da Rohde & Schwarz

Olá, África!

Os serviços e equipamentos de testes de redes móveis da Rohde & Schwarz estão sendo usados para melhorar o desempenho e a qualidade da rede em 21 países africanos.

Voltar à visão geral da revista
Updated on mar. 14, 2024 🛈
Originally published on jan. 25, 2021

Graças às comunicações móveis, cada vez mais cidadãos africanos têm acesso a outras pessoas, mercados e informações, mesmo nas regiões remotas do continente. Os serviços e equipamentos de testes de redes móveis da Rohde & Schwarz estão sendo usados para melhorar o desempenho e a qualidade da rede em 21 países africanos.

“A África é um gigante adormecido prestes a acordar”, disse o ex-secretário geral das Nações Unidas Kofi Annan, ao descrever seu continente natal há alguns anos. E não é de duvidar que o gigante tenha acordado com o toque de um telefone celular, porque nada trouxe mais mudanças para a vida dos africanos do que as comunicações móveis nos últimos dez anos. Para melhorar suas redes, o MTN Group, a operadora multinacional de redes móveis estabelecida na África do Sul, usa a tecnologia e experiência da Rohde & Schwarz.

Atualmente, cerca de 1,3 bilhões de pessoas vivem na África, e estima-se que até 2050 esse número praticamente dobre para 2,5 bilhões. A idade média da população é de 19 anos. Com mais de 2 mil idiomas e dialetos em 54 países, a África é um continente cheio de diversidade, mas também de contradições. Embora metade da população não tenha energia elétrica em casa, quase 1 bilhão de africanos usam telefones celulares. O centro tecnológico do Quênia, conhecido como Savana do Silício, é considerado o berço da inovação na África. Ao mesmo tempo, os Maasai cuidam de seus rebanhos de cabras e vivem em cabanas feitas de barro – e normalmente, também têm um telefone celular.

O centro tecnológico do Quênia, conhecido como Savana do Silício, é considerado o berço da inovação na África. Ao mesmo tempo, os Maasai cuidam de seus rebanhos de cabras e vivem em cabanas feitas de barro – e normalmente, também têm um telefone celular.

Telefones celulares: a força motriz do desenvolvimento

A África é o mercado de telefones celulares que cresce mais rápido no mundo. Nas áreas em que o abastecimento de energia é precário, as pessoas usam geradores para ter acesso à rede móvel. Nas áreas remotas, particularmente, o telefone celular é o único meio de acesso a informações, educação, política, serviços financeiros e cuidados com a saúde. De acordo com estudos, os dispositivos móveis são até mesmo essenciais para atingir as 17 metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas.

Os telefones celulares ajudam em caso de infraestruturas deficientes, como estradas ruins e falta de profissionais médicos, contribuindo, assim também na luta contra a pobreza. Em regiões remotas e pobres, por exemplo, as taxas de mortalidade infantil e materna caíram. Isso graças à ajuda de aplicativos que oferecem informações médicas ou que ajudam a identificar medicamentos falsificados.

O pagamento com dispositivos móveis já é mais difundido no Quênia do que na Alemanha. O sistema de pagamento M-Pesa existe desde 2007 – um tempo significativamente maior que, por exemplo, do Apple Pay.

Um salto para o futuro digital

Os aplicativos móveis mobilizam a África. Eles facilitam o atendimento médico e permitem a consulta de informações sobre agricultura e transporte. O lema é “faça você mesmo”. Por exemplo, os usuários do serviço M-Pesa no Quênia podem fazer pagamentos sem dinheiro vivo, e não precisam de uma conta no banco para isso. Vários aplicativos móveis, como o Farmerline e WeFarm, ajudam agricultores e criadores de peixes; o Afriscout ajuda os pastores de cabras a encontrar bons pastos; e o serviço de delivery Tupuca entrega inclusive cabras vivas aos seus clientes.

A África é o exemplo de um fenômeno conhecido como leapfrogging (algo como “pulo do sapo” em inglês): as primeiras fases do desenvolvimento, como o telefone fixo, são basicamente ignoradas, e muitas pessoas passam direto para um telefone celular. Dessa forma, a exploração inteligente da tecnologia ajuda o continente a permanecer na vanguarda com relação ao mundo todo. O sistema de pagamento M-Pesa existe desde 2007 – um tempo significativamente maior que, por exemplo, do Apple Pay. O pagamento com dispositivos móveis já é mais difundido no Quênia do que na Alemanha.

Campanha de medição em grande escala para uma cobertura de rede melhor em áreas rurais

Mas longe das metrópoles como a Cidade do Cabo e Nairóbi, ainda há muito o que melhorar no que diz respeito à qualidade da rede. Por isso o MTN Group, a empresa de comunicações móveis estabelecida na África do Sul presente em 21 países africanos e do Oriente Médio, assumiu uma parceria com a Rohde & Schwarz em 2018. Trabalhando juntas, as duas empresas estão realizando um projeto multinacional de avaliação comparativa que já começou a melhorar a qualidade das redes na África.

Assim, a Rohde & Schwarz está expandindo seu papel como uma das principais provedoras globais de serviços de análise de rede no setor de testes de redes móveis. Desde 2018 e estabelecidas para cobrir um período de pelo menos três anos, medições de rede complexas foram realizadas em vários países africanos. A Rohde & Schwarz oferece tudo o que é preciso para esses drive tests em um só lugar: metodologia, experiência em testes, serviços de análise e logística.

Os dados coletados durante o projeto de avaliação comparativa proporcionam às operadoras de redes móveis insights melhores sobre a qualidade de suas redes e daquelas de seus concorrentes. Durante esses testes, a qualidade da rede é verificada na rua, em carros equipados com equipamentos de medição da Rohde & Schwarz, smartphones e scanners de radiofrequência. Com os insights e recomendações abrangentes fornecidos pelos especialistas da Rohde & Schwarz, as operadoras conseguem identificar e melhorar, de maneira sistemática, os fatores decisivos que afetam a qualidade das redes e a conectividade móvel. Os resultados também permitem às operadoras tomar decisões sobre investimentos estratégicos.

Melhorias para redes e qualidade de vida

Shakil Ahmed, Diretor de vendas sênior na Rohde & Schwarz Oriente Médio e África, trabalha em estreita colaboração com o MTN Group e esteve presente em quase todos os países envolvidos. “Na África, é preciso ter um certo espírito de aventura nos drive tests”, diz Ahmed. Ele é apaixonado pelo trabalho, que vê não só como uma oportunidade melhorar a qualidade das redes na África, mas também como uma chance para que a Rohde & Schwarz demonstre, mais uma vez, que é um parceiro confiável e disponibilizar as vantagens dos seus produtos e serviços. “A contribuição para a África é muito maior ao oferecer suporte para uma tecnologia moderna do que, por exemplo, tratores desgastados”, ele se orgulha em enfatizar.

“Na África, é preciso ter um certo espírito de aventura nos drive tests”.

Esse projeto tem sido altamente complexo e, em alguns momentos, a equipe de serviços de análise de rede da Rohde & Schwarz precisou lidar com mais de 20 sistemas de medição ao mesmo tempo. A equipe processa todos os dados obtidos diariamente e sempre fornece uma visão geral e insights sobre o desempenho de redes para várias operadoras simultaneamente. Esse é um esforço coletivo e uma grande conquista da Rohde & Schwarz, uma vez que várias empresas multidisciplinares de diferentes divisões foram envolvidas e fizeram o melhor para que o projeto tivesse êxito.

Graças aos dados e às recomendações da Rohde & Schwarz, o MTN Group já conseguiu melhorar significativamente a qualidade das redes de 14 países africanos em 40%. A comparação ideal neste caso é a NPS baseada em qualidade da experiência (QoE), uma métrica única que caracteriza o desempenho geral da rede. A NPS atua como um índice da qualidade das redes móveis e reflete a qualidade da experiência, conforme a percepção do usuário. Isso exerce um impacto imediato sobre a qualidade da experiência (QoE), beneficiando diretamente os usuários finais, que usufruem de uma cobertura melhor de rede em áreas urbanas e rurais, bem como de uma melhor qualidade nos serviços de voz e áudio e conexões sem fio mais confiáveis e rápidas.

O CEO da Rohde & Schwarz SwissQual AG, força motriz por trás da equipe de serviços de análise de rede, Hanspeter Bobst, afirma: “A paixão e a dedicação com que as recomendações de aprimoramento foram implementadas, levando a melhorias relevantes no desempenho e na qualidade das redes, são muito impressionantes. O sucesso da segunda fase comprova mais uma vez a capacidade de nossas ferramentas e a eficiência da NPS que foram usados em nossos produtos de avaliação comparativa e análise. Estamos muito felizes por compartilhar e expandir nosso conhecimento especializado por meio desta parceria. Estamos também ansiosos para a próxima fase.”

5G na África

A Covid-19 destacou, mais uma vez, a importância da conectividade para nossa vida. A pandemia impossibilitou a realização de vários dos testes planejados para 2020. Agora a Rohde & Schwarz dará continuidade a eles em 2021 e 2022, momento em que também é esperada a continuação das medições da rede 5G NR. Nesses testes, a Rohde & Schwarz usará soluções equipadas com os recursos 5G mais recentes, como beamforming, Massive MIMO (mMIMO: os sistemas Massive MIMO usam um grande número de elementos de transmissor e receptor com controle de amplitude e fase), larguras de banda e velocidades de transmissão mais altas. Em quatro países, as frequências já foram alocadas, e as redes 5G estão sendo implementadas. A África será um dos pioneiros do novo padrão de comunicações móveis? Tudo indica que o gigante adormecido está acordando.

Outros artigos

De olho no 6G

Conhecimentos valiosos em versão expressa

De olho no 6G

A próxima geração de comunicações móveis, 6G, é promissora não só pelas aplicações fascinantes, mas também pelo maior foco na sustentabilidade

Leia o artigo inteiro
Uma breve história das comunicações móveis: do 1G ao 6G

Conhecimentos valiosos em versão expressa

Uma breve história das comunicações móveis: do 1G ao 6G

Cinco gerações de padrões celulares mudaram de forma significativa nossas vidas e o mundo das comunicações móveis continua evoluindo.

Leia o artigo inteiro
É tudo uma só rede

Tecnologia em ação

É tudo uma só rede

6G - uma visão das comunicações sem fio do futuro

Leia o artigo inteiro